Avenula hackelii

VU Vulnerável
Nome Comum:  
Nome Científico Completo:   Avenula hackelii (Henriq.) Holub

AVALIAÇÃO DO RISCO DE EXTINÇÃO

CATEGORIA E CRITÉRIOS DA UICN

VU, Vulnerável

VU B1ab(iii,v)+2ab(iii,v); C2a(i)

Justificação da Avaliação

Avenula hackelii é uma gramínea endémica do litoral sudoeste de Portugal continental, que ocorre em orlas e clareiras de matos baixos, em solos arenosos derivados de rochas carbonatadas. A presenta uma extensão de ocorrência e uma área de ocupação reduzidas, mas aparentemente estáveis. Contudo, a edificação afeta o maior núcleo populacional conhecido e constitui uma das principais causas do declínio populacional da espécie. Outros fatores de pressão incluem a expansão agrícola e de espécies exóticas invasoras, que contribuem para o declínio continuado da qualidade do habitat e para a perturbação de vários núcleos populacionais. Estima-se que a população seja constituída por 1 000 a 2500 indivíduos maduros e que em cada subpopulação o número de indivíduos maduros não ultrapasse os 1000. Face à localização espacial dos fatores de pressão e ameaça, assume-se a existência de um máximo de 10 localizações, pelo que a planta se avalia como Vulnerável, mantendo a categoria obtida na avaliação global anterior . Para a sua conservação deverão ser tomadas medidas de recuperação de áreas de habitat favorável, de conservação do património genético da planta, e de produção em viveiro para uso em ações de reforço populacional. Deverão ser também tomadas medidas preventivas da destruição de núcleos populacionais, nomeadamente ao nível dos instrumentos de ordenamento territorial e do reforço da aplicação de legislação, devendo ainda ser garantida a monitorização da população.

MAPA DE DISTRIBUIÇÃO

- Registos de ocorrência da planta

FOTOGRAFIAS

Financiamento:
Coordenação:      Parceria:  Cofinanciamento: